Notícias

Errar é humano. Divino é o dom de perdoar os que erram conosco

“Quem dentre vós não tiver pecado, atire a primeira pedra.” É assim que Jesus fala para os escribas e fariseus que insistiam em acusar a mulher adúltera (Jo 8, 1-11). Ao ver que ninguém a condenou, ele sentencia: “Ninguém te condenou? Eu também não te condeno. Vai, e de agora em diante não pequeis mais.” Começo este texto pontuando os três pontos que iremos abordar nesta leitura: O erro (o pecado), o reconhecimento do nosso erro, e o perdão deste erro.

Muitas vezes, no nosso dia a dia, ferimos o coração das pessoas que amamos com as nossas atitudes, ou com as nossas duras palavras. Somos capazes de brigar com alguém só porque estamos de mau humor e descontamos a nossa frustração na outra pessoa; podemos mentir, mesmo que seja “uma besteirinha”, ou não; traímos a confiança de alguém especial; deixamos alguém na mão; somos egoístas. Enfim, muito do que fazemos pode magoar o nosso próximo. Isso acontece porque somos humanos, somos falíveis, estamos longe da perfeição. Diante do nosso erro é preciso ter humildade, sabedoria e discernimento para pedirmos perdão. E, somente com os nossos corações sedentos deste perdão é que somos capazes de modificar as nossas atitudes, para que este erro faça parte do passado.

E a outra pessoa, como fica àquele que foi magoado? Será que em um simples passe de mágica poderá perdoar? Diante da pecadora o Senhor nos fala: “os muitos pecados que ela cometeu estão perdoados, pois ela mostrou muito amor” (Lc 7, 47). Jesus nos trás este ensinamento, de que a chave para o perdão é o amor. “Amar a Deus de todo o coração, com toda a mente e com toda a força, e amar o próximo como a si mesmo, isso supera todos os holocaustos e sacrifícios” (Mc 12, 33). É por amor meus irmãos que somos capazes de perdoar àqueles que erram conosco, e este amor é dom que recebemos de Deus. Muito me entristece ao saber que existem pessoas que vivem angustiadas, por não conseguir perdoar, que guardam mágoas e rancores dentro do coração. A vocês eu digo, se entreguem ao amor misericordioso do Pai, e clamem por este dom, que trará alívio para as suas vidas.

O perdão não é um sentimento, é uma atitude!

A Paz de Cristo!

 

Ludmila Santos
Grupo de Oração Fonte de Misericórdia
Fonte: www.grupofontedemisericordia.com.br

Acesse
Página 107 de 107« Primeira...2040...104105106107